Poesia-Pintura

MEMÓRIA

Poema de João de Almeida Santos
Ilustração - "Magia"
Original de minha autoria
Junho de 2022
MagiaPublicado1706_2022

“Magia”. Jas. 06-2022

POEMA  – “MEMÓRIA”

FUI AO BAÚ
Das memórias
De mais intenso
Afecto,
Voando em
Fantasia,
Pra te escrever
Um poema
Com arte
De vate inspirado
Por poética
Magia.

ENCONTREI
Teu rosto
Triste
(Mas cativante)
E quis enganar
A saudade
Num jogo
De sedução
Como se fosses
A deusa
Das cidades
Que invento
Em cada minha
Canção.

NESSE DIA
Em que te vi
Na fita
Da minha memória
Quis trazer-te
Ao luminoso
Mundo da arte,
Caminho
De liberdade,
Utopia de quem
Parte
Em busca
Do tempo perdido.

ERA TRISTE,
Mas era belo
Esse teu rosto.
Desenhei-o
Em tensão,
Cravei palavras
E cores
No meu peito,
Lentamente,
Com a mão,
Centrei-as
No lado esquerdo,
Onde bate
A emoção,
Mas quando
Me olhei
Ao espelho...
............
O que vi foi
Solidão.

PEDI AJUDA
Ao vento
Que levasse
O meu poema
Até à tua janela
Pra te lembrar
O que sinto...
................
Que ele pousasse
Nela
Como se fosse
O destino
A bater
À tua porta...

E OUVISTE
A melodia
Que soava
Para ti
Pois logo vieste
À janela
A recolher
As palavras
Que o vento
Te levou
E eu senti
Que renascia
Na fita
Da tua memória...
..............
Quando o vento
Regressou.
MagiaPublicado1706_2022Rec

“Magia”. Detalhe

1 thought on “Poesia-Pintura

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s