PALAVRAS…

POEMA 

De JOÃO DE ALMEIDA SANTOS

JoãoVieiraCVerde2018

Poema de João de Almeida Santos. 01.01.2018. Página de “O Livro de Cesário Verde”, ilustrado por João Vieira (Lisboa, Tiragem, 2005, p. 93)


“Pinto quadros por letras, por signaes,
Tão luminosos como os do Levante,
Nas horas em que a calma é mais queimante,
Na quadra em que o verão aperta mais”

(Cesário Verde)

 

P'RA QUE SERVE  
Este poema,
Meu amor?
“- Para nada!”,
Dizes tu,
“- São as palavras 
Que usas
P’ra te sentires
Menos nu”.

P'RA QUE SERVEM
Estas palavras
Se forem
Ditas em prosa?
Para nada,
Digo eu,
São retratos
De uma vida 
Quando ela
Esmoreceu
E foi triste 
A despedida.

PALAVRAS
São como vento,
Vão, 
Voltam
E mudam
D’intensidade,
Sopram forte
Ou de mansinho,
São volúveis
De verdade,
Vão p’ra sul 
Ou para norte,
Mas cruzam 
O teu caminho
Tenhas tu, 
Ou não, 
Vontade!

SÃO INTANGÍVEIS,
São sinais...
...........
Podem ferir
Como espada,
Às vezes
Como silêncio
Outras vezes
Como nada...
..............
Nas despedidas 
Do cais.

AS PALAVRAS
Têm eco,
Se as lanças
Logo voltam 
E de forma
Inesperada,
Ganham vida,
Que é fugaz,
Mas tornam-se 
Uma cilada
Se com elas
Fores audaz
E a mensagem
Não cifrada.

ELAS SERVEM
P’ra dizer
O que não
Quero calar,
Mas nelas 
Posso esconder
O que não
Vou revelar...

DIZEM SEMPRE
O que eu sinto
Sem ter que 
Isso dizer,
Às vezes 
É proibido,
Mas outras 
É por não 
Querer.

E ASSIM SÃO
As palavras!
Parecidas
Com a vida,
Até servem 
P’ra chorar
Tristezas de 
Despedida.

" - P'RA QUE SERVE 
O teu poema?”,
Dizes tu
Para acabar.
Sublima
A emoção
P’ra da dor 
Me libertar.

EU DIGO SEMPRE
O que sinto,
Escrevendo 
Com o vento,
Mas nele 
Eu até minto
E o vermelho
É cinzento!

É PALAVRA 
Inocente
Que chega
Ao seu destino
Como o Sol
Vai a poente
Num poema
Cristalino.

P'RA QUE SERVEM
Estas palavras
Se elas não
Me dão cura?
Pelos menos 
São sinais
De quem
Te vê
Com ternura.

SÃO PALAVRAS,
Meu amor!

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

2 thoughts on “PALAVRAS…

  1. Lindo, fantástico, Professor!

    Poema lindo de simples. Fluido, mas intenso… E a ilustração, escolha perfeita.

    Gostei muito, de verdade!!

    Obrigada☺️

    1 grande beijinho, fernanda

  2. Pingback: Palavras... - Jornal Tornado

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s