Poesia

DUAS HORAS…

Poema de João de Almeida Santos.
Ilustração: “Entardecer”. Original de minha autoria
para este poema. Outubro de 2018.
(Reproposição de um poema de 2017, com adaptações 
e nova ilustração).
EntardecerC8

“Entardecer”. Jas. 10-2018

POEMA – “DUAS HORAS…”

OLHEI-TE NOS OLHOS!
Eram negros,
Intensos
E tão profundos!
Toquei teus cabelos
Com o olhar,
Caminhei a teu lado
Nesse jardim,
Senti o teu corpo
Tão perto de mim
A respirar
O acre perfume
Da verde
Ramagem
Do vasto jasmim…

INEBRIOU-ME
Esse intenso
Aroma
E eu enredei-te
Em tão doce
Enleio
Que não tinha fim…

BRILHARAM
Tão docemente
Duas horas inteiras
Esses teus olhos...
.........................
E neles me perdi!

ESTIVE NO CÉU
Ao lado de deus
E lá vi dois sóis
Que não eram dele
(Uma luz intensa)
Porque eram teus!

MAS O TEMPO
Correu
Depressa
Demais...
..................
E é sempre assim,
Todos os dias
Se tornam iguais
Quando tu partes
E, em nostalgia,
Eu fico no cais…

VOLTEI A OLHAR-TE
Três horas seguidas...
Parecia verdade
Mas era ilusão
Porque partiste
Deixando-me só
E o que sobrou...
....................
Foi solidão!

SUBIU A TRISTEZA,
A saudade irrompeu
Colou-se-me
Ao rosto...
...............
E como doeu!

SE EU NÃO TE VEJO
Sinto
Falta de ti,
Mas se te encontro
Logo te perco
Porque o tempo
Voa
E logo te leva
P’ra longe dali!

TER-TE DEMAIS
Aumenta a saudade
E quando te vais
São negras
As nuvens
Da nossa cidade!

AINDA QUE TRISTE
Eu sou feliz
E com estas mãos
Te vou escrevendo
O que quero dizer...
........................
Mas este meu tempo
Volta a correr
E cresce a vontade
De logo te ver
Mesmo que saiba
Que é nesse instante
Que te vou perder…

TENHO SAUDADES,
Saudades de ti,
Desse virar
Da nossa esquina,
Na mesma rua
Onde te vi,
Dessa janela
Donde espreitamos
O que do mundo
Sobra p’ra nós…

EU JÁ NEM SEI
Que hei-de fazer,
Ter-te demais
É puro prazer...
...................
Mas quando te vais
Fico a morrer!

NEM SEI QUE
Te diga,
Ah!, meu amor,
Quando me deixas
Já nem sinto dor
Tão grande a tristeza
De já não te ter
Pois tu partiste
Mesmo sem querer!

OLHEI-TE NOS OLHOS,
Sim, meu amor,
Nesse entardecer...

EntardecerC8Rec

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s