Poesia-Pintura

OLHAR

Poema de João de Almeida Santos.
Ilustração: “Teu Olhar”.
Original de minha autoria
para este poema.
Dezembro de 2021.
OlharPublicado_12_21luz

“Teu Olhar”. Jas. 12-2021

POEMA: “OLHAR”

QUE ME DIZES,
Quando olhas
De través
E procuras
Ver em mim
O que tu lês
Nas marés?

NO SILÊNCIO
Do meu canto,
Sinto poder
No teu olhar,
Fascinam-me
Esses teus olhos
Porque me sabem
A mar.

NÃO É AZUL
Sua cor,
Mas de sol
Que ilumina,
Olhas pra mim,
Meu amor,
Quando navego
À bolina.

ÉS SEREIA
No meu mar,
Vou-te ouvindo
Em sinfonia
De cor
Com música
Da minha
Pauta
Mas que tem
O teu sabor.

QUE PROCURAM
Os teus olhos?
Ler nos meus
Desejo
De navegar?
Mas eu vivo
Neste cais
De partidas
E chegadas
Para contigo
Embarcar...

TEUS OLHOS
Verdes
Fascinam,
A tua boca
Seduz...
..........
E eu,
Pobre
Poeta de Outono,
Na mais pura
Contraluz
Que me acende
O olhar
E a teu barco
Me conduz.

OLHAS-ME,
Então,
Inquieta,
Ergo-me
À tua frente,
É fascínio
O que sinto
E por isso
Eu te digo
Que o olhar
Nunca me mente
Seja de bênção
Ou castigo.

QUE ME DIZEM
Os teus olhos?
OlharPublicado_12_21luzRec

“Teu Olhar”. Jas. 12-2021

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s